Uso dos dados baseados em modelos estatísticos no interior de SP (3/3)

Com as ações desde 2016 na proteção dos Patrimônios Naturais e Históricos na Fazenda Capoava, a Porto Rural aproveitou a oportunidade para trabalhar em um conjunto de levantamentos de dados úteis para o dia a dia das nossas ações na biorregião de Porto Feliz-SP.

Em nossos estudos iniciais, que serão publicados em breve, encontramos 70 camadas que são úteis para diálogos sobre esta simples localidade.

Segue algumas dicas de uso:

– As seleções possíveis são criadas por modelos estatísticos para estimativa de diferentes fontes de dados.

– Estes bancos de dados podem apresentar dados históricos ou trabalham prevendo hipóteses para situações até o ano de 2100.

– Impressiona a capacidade de obtenção de dados, há imagens com potencial de até 1cm de processamento de mosaico.

– Muitos bancos de dados não apresentam informações públicas, ainda, sobre algumas localidades brasileiras que testamos. 

– Atente-se às datas e outros detalhes de cada camada.

– As imagens também variam em escala, algumas camadas só podem ser utilizadas com pouco zoom.

A área central da Fazenda Capoava consiste em uma ex-colônia da indústria da cana, criada nos idos dos anos de 1870. Mais que uma fazenda de produção canavieira, a Fazenda Capoava é um lugar de encontros,vivências e histórias que nos convidam ao pensar e viver de modo permanente e harmonioso com a Natureza.

Nesta plataforma estamos coletando, compilando e distribuiremos os resultados com interesses especiais de cocriação.

https://portorural.com.br

Dados prontos para ações e monitoramento da Agenda Global 2030 (1/3)

Cursos para você usar Dados Espaciais para a Biodiversidade (2/3)