Caso Amazônia, uma entidade viva e o ponto de inflexão (2/3)

Veja tudo

Da extração de petróleo à mineração; garimpagem de ouro; caça furtiva; exploração madeireira; urbanização; cultivo de soja; criação de gado; incêndios florestais descontrolados, as ameaças que a floresta tropical mais importante do mundo enfrenta são incontáveis e graves, e toda a ciência atual indica que o ponto de inflexão está se aproximando rapidamente.

Para deter, verdadeiramente, a destruição da Amazônia será necessário cooperação internacional entre todos os países que a compartilham como parte de seu território.

O movimento é, também,  uma oportunidade de uma real pressão pública dos povos desses países e de todo o mundo.

Além disso, será necessária entender a Amazônia como um ecossistema completo, como uma entidade viva, e não separá-la por partes ou por países.

É um único ser vivo de cuja saúde depende o equilíbrio de todo o planeta.

Por isso, o 5º Tribunal Internacional dos Direitos da Natureza vai conhecer o caso da Amazônia – uma entidade viva ameaçada com a ajuda de especialistas locais de renome mundial no assunto, que darão uma perspectiva real de quais são os problemas que a Amazônia está enfrentando e quais são as soluções reais para reverter e evitar o ponto de inflexão.

Irrigado por Carlos Diego

Falsas Soluções para a crise das Mudanças Climáticas (1/3)

Inscreva-se no 5º Tribunal Internacional dos #DireitosDaNatureza (3/3)